Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Oeiras :: PS

análise de Rodrigo Saraiva, em 13.05.13

Dou inicio às análises das autárquicas 2013 com o concelho onde sou eleitor, Oeiras.

Ou muito me engano e será uma das eleições com mais atenção dos media, tendo em conta o histórico e o facto do PSD apostar num “peso mediático” como candidato.

Mas a análise vai começar pela candidatura do Partido Socialista, aquela que em termos de outdoors (formatos 8x3 e mupi) é para já a que está implementada.

 

O PS apresenta Marcos Sá como candidato. Um homem do PS Oeiras, um chamado candidato do aparelho, tendo sido presidente do PS Oeiras e deputado na legislatura anterior. E um candidato que beneficiará com o maior mediatismo que a campanha de Oeiras tiver.

 

E esta primeira fase de cartazes serve exactamente para dar a conhecer o candidato. No 8x3 um cartaz simples, com fotografia e nome do candidato em destaque, acompanhado de um slogan e o símbolo do PS.

 

 

Em termos gráficos é um cartaz bem conseguido, com um lettering (no nome) pouco usual em campanhas políticas, embora em Oeiras no passado tenham existido opções similares. A opção por um vermelho forte é acertada, quer por ser uma tom quente e positivo, mas por assumir claramente a força política, demonstrando que o candidato sabe que tem que unir a sua base eleitoral. E com o “unir” passo para a análise do slogan: “Unir Oeiras!”. Uma escolha muito interessante, um bom slogan. A estratégia é dizer aos eleitores que chega de uma Oeiras dividida entre IOMAF (o movimento de Isaltino Morais) e PSD. Mas o candidato do PS deve ter preparado uma argumentário para quando for recordado que o PS num passado não muito distante assumiu pelouros.

 

No que diz respeito ao formato mupi o cartaz segue a mesma linha, mas com uma declinação diferente no slogan: “Oeiras é a minha casa.”. Aqui a opção é reforçar a apresentação do candidato e ao mesmo tempo dar uma ferroada no candidato do PSD, Moita Flores, por não ser um Oeirense. Uma linha de campanha em que será certamente acompanhado pelo candidato do IOMAF e actual Presidente da Câmara, Paulo Vistas.

Neste cartaz o único pormenor que não gosto é a fotografia e a opção de colocar à vista apenas uma mão.

 

Em resumo, uma boa primeira aparição do candidato do PS. A distribuição dos cartazes está bem delineada. E com dois slogans que permitem demonstrar qual será a estratégia que irá seguir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16


já andam a falar aqui

De Batista a 17.06.2013 às 15:12

Percebendo a lógica da frase do mupi, em Oeiras há quem tenha já feito uma distinção que me parece relevante...no cartaz que está colocado junto ao Dolce Vita Central Park, alguém riscou a palavra "minha" para substituir por "nossa"! Oeiras não será dos oeirenses mais do que de um candidato? Ele terá de cuidar de Oeiras como se fosse a casa de todos, para o bem de todos, mais do que reivindicar para si a "propriedade" e mesmo que isso seja entendido como um ataque aos candidatos que ali chegam de pára-quedas

Comentar post



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog