Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sobral de Monte Agraço :: PS, PSD/CDS, CDU

análise de Telmo Carrapa, em 25.09.13

Sem desvios que é para não confundir os eleitores

Já tinha vindo a Sobral de Monte Agraço. Na altura comentei as primeiras imagens de campanha do PS e do PSD. Em ambas os cabeça-de-lista para a Câmara Municipal são jovens. Mas, como disse então, apenas na idade. Pois nas campanhas isso não era bem assim.

Agora volto lá para analisar as últimas peças de campanha (versão outdoor), mas já com uma imagem da força política que lidera o concelho, a CDU.

E comecemos pelo PS. Não tenho como esconder. Gosto da dinâmica desta campanha. Gostos são gostos e este é o meu. Mais uma boa composição fotográfica, com Pedro Coelho dos Santos rodeado por cidadãos do concelho, numa postura alegra, empática e próxima (com uma homenagem a uma pessoa especial da sua vida, como já pude ler por aí).

É uma continuação lógica de uma campanha bem construída e pensada. O grafismo mantém-se e faz ligação às peças anteriores, bem como o slogan que evolui do “Consigo pelo Sobral” para um “Connosco pelo Sobral”, o que reforça a imagem de dinamismo e mobilização popular. A posição (local onde o cartaz foi posto) deste cartaz é a mesma do anteriormente analisado e tem destaque.

Bom… Como disse no primeiro texto sobre a campanha neste concelho, “Joaquim Biancard Cruz também é um candidato jovem. Mas apenas na idade.” Esbatem-se as “ondinhas” criticadas anteriormente (continuo a dizer que o poder do Imagens de Campanha é enorme!...), mas continuam lá que o designer cede mas não vacila, “Sobral (já não) Avança” (slogan inicial) porque estamos “Juntos pela nossa terra” – o que tendo em conta a composição fotográfica é mais uma redundância, bonita de se escrever, mas redundância na mesma – e chegamos às fotos.

E para as mesmas até faço um parágrafo de (des)propósito. O candidato à Câmara lá tirou o pullover (ou lá o que era, pois não sou especialista em moda), o que lhe deu um ar mais jovem, sorriu, o que lhe dá uma imagem mais simpática (lá está o tal poder do Imagens de Campanha) e, cômputo geral, melhorou. Mas ele não está sozinho no outdoor. E aí é que a coisa volta ao mau… É que, confesso, já vi pessoas mais sorridentes em velórios. Queriam dar um ar de seriedade? Não deram. Deram mesmo um ar de quem acha que os resultados do dia 29 não lhes vão sorrir. Porquê? (deixo a pergunta no ar)

E, eis que aqui também temos cartaz da CDU. E não é preciso muito. A maioria tem-lhes sorrido, pelo que basta dizer “presentes”. E é isso mesmo este cartaz (pequeno formato): “o Nosso Concelho vai continuar a ganhar”, “provas dadas, confiança no futuro”, “com esta equipa”, fundo CDU Autárquicas 2013 (que isto de querer outras composições gráficas não é para aqui chamado – era só o que faltava), as fotos do candidato e equipa (a tal da frase) e pronto: Já não podem dizer que não fizemos “outedores”. É mau? É. Cumpre? Também. A menos que dinâmicas da oposição tragam surpresas e aí a coisa pode ser chata.

Isto que escrevi no parágrafo acima pode ver-se nas posições. Conseguem ver o outdoor do PSD/CDS? Era fácil. E o do PS? Também era. O da CDU? Ah pois… Está lá, isso está (cumpre) mas quem tiver problemas oculares não vai ficar satisfeito com o desafio do “onde está o Wally”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00


Sobral de Monte Agraço :: PS e PSD

análise de Telmo Carrapa, em 26.06.13
 

Candidatos jovens – imagens dinâmicas?

 

Pedro Coelho dos Santos é um profissional da área da comunicação. Não é um mero elogio. É mesmo a realidade: Ele trabalha na área da comunicação. E isso reflecte-se na campanha que está a fazer enquanto candidato à presidência da câmara municipal de Sobral de Monte Agraço.

Pedro Coelho dos Santos é um candidato jovem. E isso também se reflecte na campanha. As várias peças que recebemos dão para entender a abordagem nova, fresca, mas planeada e cuidada que o PS apresenta para este município.

Destas peças, basta olhar para o cartaz (que sabemos peça única e especialmente colocado na melhor entrada para Sobral) para se perceber que esta é uma campanha com vontade de marcar a diferença.


Ver este outdoor dá vontade de adulterar a letra da canção do Gilberto Gil e cantar qualquer coisa como:

«Alô, alô, Eleitores

Aquele “Agraço!”»

(Sim, é foleiro. Mas também não estou a criar campanhas…)

O candidato aparece numa foto que transmite uma enorme empatia e simpatia, acolhendo quem chega ao concelho de braços abertos, deixando a mão direita a apontar para Sobral. A imagem é forte e as cores escolhidas podem não agradar a todos mas certo é que ninguém passa sem ver o cartaz.

E depois há a assinatura de campanha: “Consigo pelo Sobral”. Envolve. Reforça a empatia. Mas ao mesmo tempo respeita as gerações que se tratam por você. É uma boa assinatura que permite derivações para projectos concretos que se apresentem durante a campanha.

Não vai ser uma tarefa fácil. O PS foi, em 2009, a terceira força política do concelho, com 17,61% dos votos (atrás do PSD – 23,95% e da CDU – 54,33%). Mas a avaliar pela dinâmica da comunicação, acredito que o PS possa subir (quem sabe se muito) a sua votação neste município.

 

Joaquim Biancard Cruz também é um candidato jovem. Mas apenas na idade. É que, convenhamos, isso não se reflecte minimamente na sua campanha para a câmara municipal de Sobral de Monte Agraço (uma candidatura do PSD só se sabe porque sim, já que identificação é zero).

“Sobral avança” é mais uma daquelas frases feitas eleitorais que nada diz. Aliás, faz lembrar aquela história do “estava à beira do abismo” e agora “avança”…

E depois há o grafismo. A utilização das “ondas” era moda em 2002. Aguentou-se até 2004. Mas em 2013? O objectivo é dar dinamismo à imagem? Pois, desculpem lá (sobretudo o designer responsável) mas a única coisa que faz é datar o cartaz e nem sequer é de forma vintage ou nostálgica (como está na moda). Dá mesmo ar de velho, contrapondo com a juventude do candidato. Nesse aspecto a imagem é coadjuvada pela foto do candidato. Jovem mas que se deixa fotografar daquela forma…

Respondendo à questão do subtítulo (candidatos jovens – imagens dinâmicas?): Sim e não. Como se pode ver em Sobral de Monte Agraço.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10


Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas