Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Póvoa de Lanhoso :: PS

análise de Carlos Furtado, em 26.08.13

Como em muito locais, também aqui na Póvoa de Lanhoso decorreram umas eleições primárias para os socialistas escolherem o seu candidato. Em cima da mesa, ou melhor no boletim de voto, estavam Frederico Castro ex-deputado socialista, e que veio a ganhar, e António Lourenço que era e é vereador eleito em 2009. Não tenho muitos ecos mas está bom de ver que deve ter criado algumas divisões no PS mas que certamente agora estão ultrapassadas.

 

Como já aqui analisei, a disputa faz-se entre o PSD que governa e o PS que quer governar. O cartaz que aqui trazemos é logo dos inícios da campanha e como tal não sei se já entrou em nova leva.

 

 Analisemos então o dito cujo, começando pelo que não tem.

É estranho mas não tem qualquer referência a facebook, nem página web. Poderíamos aceitar que a candidatura socialista apenas ia apostar no contacto mais intimista, deixando de lado a questão das novas tecnologias. Mas assim não aconteceu pois encontramos página de facebook, conta de youtube e de flirck. Assim ter apostado em lançar os cartazes sem os aproveitar para promover o facebook é quanto a mim uma estratégia errada.

 

E vamos então ao que tem.

 

Desde logo tem uma fotografia que quanto a mim prejudica o candidato. Embora esteja a olhar de frente os seus eleitores, Frederico Castro apresenta-se com um sorriso forçado, pouco natural. Tive oportunidade de pesquisar outras fotos e deparei-me com várias em que está claramente mais favorecido, embora não esteja a sorrir. E claramente a ideia foi colocar o candidato com um ar mais simpático e próximo dos seus eleitores, mas parece-me que não foi muito feliz a forma encontrada.

Depois tem também o slogan. “Dedicação.Dinamismo.Solidariedade”. E aqui uma vez mais temos uma aposta errada. Estas palavras são de caracterização do candidato? Se o são deveriam então estar escritas: “Dedicado. Dinâmico. Solidário”. Mas não o sendo e pretendendo então identificar as linhas gerais das suas políticas, ficamos com a sensação de que existe alguma confusão com a mensagem a passar. Isso tem ocorrido com a maior parte das campanhas que  ao apostarem na utilização de palavras soltas têm misturado as características dos candidatos com as linhas de actuação.

 

O cartaz é simples, sem grandes “ruídos” ganhando desde logo especial destaque o logo criado para a campanha que sendo importante não deveria ser o mais importante no cartaz. Desde logo porque o que estará no boletim de voto é o símbolo do PS.

 

Assim diria que este cartaz cumpre os mínimos, o que para quem deseja ganhar a câmara é curto. Mas aguardemos pela possível segunda vaga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:21



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas