Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lisboa :: BE

análise de Rodrigo Saraiva, em 22.08.13

Depois de aqui termos analisado a campanha do Bloco de Esquerda no Porto chega a vez de Lisboa. Depois de falhada a eleição de vereador em 2009 com Luis Fazenda, que este ano presta-se ao serviço em Sintra, e de alguma convulsão interna o Bloco teve que lançar para cabeça de lista uma das cabeças da liderança bicéfala, neste caso João Semedo, que vai acompanhar Ana Drago, que repete a experiência de ser a cara bloquista na Assembleia Municipal.

E eis um bom cartaz. A dupla de candidatos, e respectivos nomes, com ligeiros sorrisos (na fotografia só dizia ao João Semedo para desabotoar o botão da camisa), o símbolo do bloco, o endereço do site da candidatura (gosto que seja .org) e o slogan são os elementos presentes. E é no slogan que estão os elementos diferenciadores e que prendem positivamente a atenção. O lettering é dinâmico e o desenho de telhado entra muito bem, dando a sensação de terra e de pertença. O slogan “queremos Lisboa!” é arriscado, mas com as declinações positivas que surgem em baixo fica tudo bem encaixado e a fazer sentido.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:12


já andam a falar aqui

De João Lima a 26.08.2013 às 14:43

Considero este outdoor, graficamente, muito mal executado.
Há uma desarrumação tremenda, não há grelha.
A barra na qual inserem os nomes é feia, é bruta, e está anexada em vez de ser um todo de uma composição gráfica, parece-me verde escura, espero que seja apenas má qualidade da fotografia que analisa.

A tipografia do slogan, não me convence, o telhado também não me engraça.
As tags referenciadas abaixo do slogan podiam conjugar num só "+" e evitar a repetição, parece um "+" que separa as palavras, na substituição de uma "/" e perde a significação que querem dar.

Contudo, está a um nível que supera muitos dos outdoors que vejo por aqui.

Cump,
João Lima

Comentar post



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas