Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




[guest post] Políticos, Marketing Pessoal vs Personal Branding?

análise de Rodrigo Saraiva, em 08.08.13

post publicado originalmente aqui.


Políticos, Marketing Pessoal vs Personal Branding?

 

por: Henrique Silva

Personal Branding Coach

 

Temas que começam a ser falados em Portugal, e que convém não estragar!
"De pequenino se torce o pepino" e "há que separar o trigo do joio".


- Personal Branding está enraizado na autenticidade. Trata-se de discernir o que te torna único e valioso, a fim de seres bem-sucedido. Para descobrires a tua marca pessoal, precisas de te conhecer, teus público-alvos e teus concorrentes/colegas, através de técnicas específicas.

- Marketing pessoal é simplesmente sobre a embalagem e como comunicar o que você tem para oferecer, em vez de a definir. Trata-se de aplicar todas as formas que te tornam visível e comprometido com o teu público-alvo. Este é o lugar onde o plano de comunicação está no foco do serviço.

 

O desenvolvimento de uma marca pessoal é baseado na Autenticidade, no que a Pessoa é, o que a torna única, sendo necessário uma viagem profunda ao seu Eu. Essa viagem não é um ”fast trip” mas os resultados que se extraem são congruentes, fortes e dão uma “solid trip” para a vida pessoal e profissional. Em atual campanha política para as autárquicas 2013 os eleitores assistem ao frenesim do desfilar dos candidatos nas ruas das cidades, em todos os eventos, inaugurações, manifestações coletivas das terras, à facilidade do sorriso, ao aperta aí o “bacalhau”, às conversas de circunstância, à utilização das redes sociais para “likarem” o que os eleitores vão partilhando, para dar a entender, uma real preocupação com a vida das pessoas.

Caros políticos, o povo já vos conhece, nem as altíssimas taxas de abstenção, as manifestações na rua, com o exemplo claro do Brasil, com o povo a sair para a rua a dizer basta de Corrupção, Desonestidade, Falsidade, com o povo a gritar por Transparência, Honestidade, Preocupação Verdadeira em encontrar soluções que conduzam a uma vida melhor, os senhores parecem ver essa realidade. Continuam continuamente a insistir no Marketing Eleitoral e no Marketing Pessoal, em detrimento do desenvolvimento de Marketing Politico, um processo de médio/longo prazo, integrado com Personal Branding que conduz a uma Marca Pessoal Autêntica e que começa bem antes de apenas a 6 meses das eleições, inicia-se quando desejarem ser verdadeiros com vós mesmos. Surge a questão, qual a importância do Personal Branding na Politica? Na minha opinião, toda, num meio muito afetado pela perceção dos eleitores como Falso, Desonesto, Descrente, surgir figuras políticas autênticas com eles próprios e percecionados como tal pelos eleitores fará toda a diferença, ou não? E você, Sr.º político, o que acha?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas