Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cascais :: PS

análise de Telmo Carrapa, em 08.08.13

Muito sizo, pouco riso?…

Já falei de Cascais aqui e aqui. Primeiro da generalidade das campanhas e depois da segunda (primeira melhorada?) fase do PSD. Volto ao Concelho para escrever sobre a segunda fase do PS.

A foto que temos é de um dos compromissos (Emprego) mas já vi outdoors sobre “valorizar as redes comunitárias” (Acção Social), “reorganizar a rede de transportes” (Mobilidade) e, creio, “dinamizar o comércio tradicional” (Comércio). São compromissos comuns nestas campanhas? Até admito que possam ser, mas acredito que sejam algumas das que interessam aos eleitores.

Depois de uma primeira fase de afirmação do candidato e da mensagem-chave, nesta nova fase de campanha surgem os compromissos eleitorais, mantendo, e bem, a coerência gráfica e a mensagem de “Liderança”.

O candidato aparece já em plano aproximado mas mantém o ar sério da fase anterior. Eu entendo a estratégia: Mostrar a seriedade, demonstrativa de “liderança”. Mas estive a ver as fotos na página da candidatura no Facebook. E João Cordeiro sorri. Com isso, mostra um lado mais simpático e próximo. Confesso que prefiro essa “face” à outra. Mas estratégia é estratégia e, pelo menos nesta campanha, é bom ver que existe uma.

 

Outras peças que já estão na rua são as das candidaturas do PS às Juntas de Freguesia. Temos fotos de duas e já vi mais uma (Cascais/Estoril – com aquela coisa que fica bem em qualquer boletim de voto “União das Freguesias de”…). E aqui não entendo.

Já percebi que não há uma mensagem obrigatória. Num sítio é “Liderar”, com a famosa “Paixão” (assim, com maiúscula para marcar a força da “paixão”) de Guterres, noutro é “Mudar o Futuro” e ainda noutro que já vi é um testamento em formato cartaz. João Cordeiro aparece em todos eles, o que reforça a ligação entre candidato à Câmara e candidatos às Juntas. Mas acaba aqui (e na cor) a ligação à campanha. O resto é desgarrado e, como são chavões eleitorais, não trazem valor acrescentado à campanha “principal”. À primeira vista não faz sentido nenhum, mas pode ser que me expliquem que até faz…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


já andam a falar aqui

De Hugo Serejo a 08.08.2013 às 17:44

Faz pouco sentido, e ao contrário do que parecem querer indicar os outros" cartazes"demonstra na realidade falta de Liderança, pois é claramente uma cedência aos "caprichos" dos candidatos às freguesias, daí não ser uniforme e ter vários lemas...enfim típico do portuguesinho que acha que ser plesidente da xunta é ser o maioral lá da terra e dono do seu quintalzinho como é ele é que tem de mandar!

Comentar post



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas