Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Porto :: BE

análise de Rodrigo Saraiva, em 02.08.13

O Bloco de Esquerda no seu início, dando seguimento ao que se conhecia do PSR, tinha campanhas originais, disruptivas e atrativas. Nos últimos anos têm perdido esse fulgor. Por isso foi com agrado que me deparei com a campanha de José Soeiro, candidato que o Bloco apresenta no Porto.

E acho que pela primeira vez não vamos analisar a imagem e totalmente o conteúdo, pois trata-se de intervenções artísticas. O importante para analisar é a opção de terem sido envolvidos 7 artistas da cidade, sendo que cada um fará um “cartaz” directamente em cada um dos 7 outdoors que serão colocados pela cidade do Porto.

Foto e info tiradas daqui.

Disse que não analisaria o conteúdo no total, pois há dois elementos a referir. Um é o slogan, que parece ser o da candidatura, “reinventar a cidade”, uma opção que encaixa muito bem no conceito da campanha. O outro é o slogan que deve ser apenas o deste cartaz e que puxa por uma temática que será preocupação directa de parte do eleitorado: “tanta gente sem casa, tanta casa sem gente”. Um slogan “musical”, que não é original e é encontrado em outro tipo de “intervenções”, bem mais discutíveis da suposta pertinência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:28


já andam a falar aqui

De Hugo Serejo a 02.08.2013 às 12:46

slogan dos OKUPAS, braço activista do BE, mas a originalidade é bem patente.

De ntx a 20.08.2013 às 16:29

Caro Hugo, se acredita seriamente que os "okupas são o braço activista do BE" vai ter de começar a olhar em volta. O BE só pôs os pés na Fontinha no dia do despejo para aparecer nas televisões, e usa a Fontinha e a sua memória como extensão da sua campanha, apesar de na realidade nunca ter tido um papel activo na defesa da Es.Col.A.. Essa coisa de colar movimentos livres e apartidários a partidos de esquerda é muito feia. E sinceramente, devia informar-se antes de falar do que claramente não sabe. Os "okupas" não querem ter nada a ver com partido nenhum, na sua grande maioria.

Comentar post



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas