Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Póvoa de Lanhoso :: CDS e PSD

análise de Carlos Furtado, em 23.07.13

Póvoa de Lanhoso decididamente não é terreno para o CDS. 1,16% é o score em 2009 e 1,24 em 2005. E nas duas eleições o PSD manteve a liderança da câmara, sendo o seu actual presidente, Manuel José Baptista, recandidato a mais um mandato.

Situado bem no centro da região minhota, Póvoa de Lanhoso é pois mais um local em que o CDS tem que apresentar uma candidatura para cumprir calendário, pois é mesmo difícil que o facto de ser terceiro partido lhe permita ser fundamental na constituição da maioria.

A candidata, Deolinda Queirós, é assim uma “mulher de armas”, como referiu Altino Bessa quando da sua apresentação. O problema é que as armas de que dispõe são fracas perante a artilharia pesada que enfrenta. Mas só ao nível de captação de votos.

 

Indo ao que interessa, o cartaz, a análise não é muito favorável.

 

  

 

A foto da candidata, apresenta-nos uma mulher livre, solta, sorridente, confiante com a vida. Mas não a futura presidente da câmara.

 

Mais a mais que o efeito de sombra em seu redor ainda lhe dá um ar mais estranho, como que uma ninfa que desceu à terra. Imagino o desespero do gráfico quando lhe colocaram como hipótese fazer um recorte da foto da Deolinda Queiros. A solução estava na nuvem terá pensado aliviado.

 

Mas pior de tudo é a foto da paisagem. Póvoa de Lanhoso ser identificada por uns “obeliscos”, esbatidos numa foto a preto e branco para onde atiraram um azul manhoso, não ajuda em nada em dar projecção à candidata. Parece saído da revolução industrial.

 

E o slogan não traz nada de novo. Admitimos que todos tenham o seu concelho no coração. E? que traz de novo?

 

O resultado final é claramente pouco favorável. Nota 8. Com pena, pois está bom de ver que a candidata deve ser boa “onda”.

 

 PSD

 

Por falar em ondas, temos também o cartaz do PSD para analisar. Esta necessidade de mostrar que se domina as curvas no computador põe-me doido.

 

 

 

 

 

 

A foto do presidente/candidato é quase boa. Olha de frente, com um sorriso a “25%”, mas parece-me que a foto poderia ser bem menos agressiva e não aproveitar a altura total do cartaz. O candidato não tem necessariamente um ar muito “empático” e por isso não havia necessidade em abusar dele.

 

O fundo com uma silhueta citadina, é feito também aqui em cores esbatidas. E talvez por isso toca a por umas ondas coloridas. Que são completamente desnecessárias, criando “ruído” desnecessário. Uma vez mais confirma-se que o “barulho das luzes” é perigoso.

 

Interessante o facto de não haver qualquer referência ao acto eleitoral, nem facebook, o que demonstra uma enorme segurança na sua notoriedade.

 

Quanto a slogans estamos falados.O "Presidente dos povoenses" é claramente um recordar do seu actual papel, um reforçar da sua posição de líder e do papel que pretende ter no futuro. 

 

Também aqui o resultado final não é positivo.

 

Em resumo, fraca utilização cromática, fotografias desajustadas e pouco cuidado gráfico. Mas pelo menos um e outro serviram para ajudar a promover negócios locais :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:23


já andam a falar aqui

De J.F a 29.07.2013 às 11:55

Pondo os pontos nos i’s…

Se em “scores” nos subjugarmos pela forma em que o Exmo. refere, nada mais seria-mos que “lixo” aos olhos de muitos… Pois não me considero como tal… Nem minhas gentes tão pouco! Por este simples facto ignoro o seu “comentário” mas também visto que as novas referências vocabulares, também conhecidas por “americanices”, como as quais que nos classificaram de tal modo estão presentes no prelúdio do mesmo, não criei grande expectativa sobre este, vindo por fim, confirmar o que já vinha a suspeitar.

Pois vamos lá então cumprir calendário…fazendo uma pequena referência a futebol…sim, porque afinal de contas, até aqui, o Exmo. Sr. boavisteiro teve boas referências para pensar no que escrevia… se bem me lembro, á uns anos atrás, o Boavista era mais um daqueles clubes que cumpria calendário… mas em surpresa na época de 2000/2001 lá se sagrou campeão nacional, pois veja que as surpresas também acontecem, por vezes quando menos aguardámos, outras, por defeito de outros!

Ainda com o mesmo calendário vou aqui recuar a 1385, saberá o Exmo. onde quero eu chegar… 7300 contra 30500 será possível? Pois que armas também ditas “fracas” ou “inferiores” ditaram a nossa história contra “cavalaria pesada” e os números falam por si, por vezes o que tem de ser têm muita força! (Lixo? Tape Deus os ouvidos a quem deu o maior dos sacrifícios a ser insultado dessa forma este grande povo que somos)

Pois não adivinhará agora o meu espanto também? Pois pelo que sei o Exmo. não prevê o futuro… Até sarcasticamente consegue brincar com quem deste modo leva a vida e cito Vossa Excelência…“é aproveitar! A vidente trata de todos os problemas.” Pois então não sei como fez para tirar tão convicta afirmação, e mais uma vez o cito, “…Mas não a futura presidente da câmara.” De facto, impressionante a qualidade do seu “comentário”… nem me irei dar ao trabalho de prolongar este ponto.

Então um senhor tão viajado e erudito como o Exmo. gosta do Gerês…pois olhe que passou aqui bem perto caro amigo, pena é que não tenha passado pela vila identificada por uns “obeliscos” pois assim talvez eu fosse poupado a tamanho absurdo “comentário” porque possivelmente Vossa excelência antes de dizer um antilogismo desta proporção saberia que esses “obeliscos” teriam um significado para o concelho, apenas lhe digo que 1292 foi á mais de 700 anos e como poderá averiguar já cá estamos á mais tempo do que muitas ditas “cidades”, assim como as cores branco e “azul manhoso” teriam uma ligação ao partido representado, muito inadequado para quem têm um cargo de Director Geral na empresa “QI Porto de Ideias”, e sendo “QI” o quociente de inteligência (presumo eu) temo que os seus dois dígitos não sejam o suficiente para fazer uma relação lógica tão simples quanto esta, mas afinal de contas, hoje em dia, os Institutos Superiores dão papeis, mas não ensinam a pensar! É tudo uma questão de equivalências e todas elas muito verdes…

O resultado final fica agora claramente obtido conjugando uma calamidade e um cataclismo, avaliando a totalidade do seu “comentário”…caro amigo, sugiro que deixe as críticas para quem as sabe fazer e dedicar-se a coisas em que realmente pode ser um marco significativo para a modalidade, quem sabe, atletismo talvez?

Termino agora referindo que como comentador referir-se a um individuo como “boa onda” é qualquer coisa deplorável e em todo o seu discurso acertou uma em mil, “infelizmente”, citando outrem…”Mulher de armas” é sim! Posso garantir que sim! Porque quem educa sozinha 4 filhos dos “diabos” e continua com folgo para dar e vender ou é super humano ou é “Maria da Fonte” neste caso ,quem sabe, um pouco de ambos e lhe digo que é com todo o meu ORGULHO que lhe chamo Mãe!
Sem mais…

João Ferreira

De Carlos Furtado a 19.08.2013 às 00:57

Caro João Ferreira, antes de mais penitenciar-me por só agora responder ao seu comentário. Fui ler e reler o post. Penso que em momento algum fui injurioso para com a candidata. Bem pelo contrário, sabendo eu da "empreitada" em que está. Quanto a "score" ou resultados, comparar batatas com cebolas é um pouco arriscado, mas há sempre a possibilidade de acontecer surpresa. Mas tem que haver trabalho prévio, como houve no caso que o JF refere, ou seja o Boavista. Concordará comigo que a imagem que ilustra Póvoa de Lanhoso não é a mais feliz, e socorro-me do comentário seguinte que refere que a imagem do concelho é o seu castelo. Teria sido bem mais interessante. Mas claro que isso são opções e cada um toma a sua. Quanto ao resto do seu comentário, não tenho comentários a fazer. Até breve Carlos Furtado

De fvferreira a 31.07.2013 às 03:46

Conheço bem a Póvoa de Lanhoso, as gentes da Póvoa de Lanhoso e a sua história.
Concordo genericamente com as apreciações do autor do post ao outdoor da candidata pelo CDS/PP.
De facto a qualidade do outdoor podia ser bem mais feliz.
A imagem da póvoa de lanhoso é o seu Castelo.
Os obeliscos que aparecem no outdoor para além de serem esteticamente horriveis, bom exemplo de mais uma rotunda inutil e de uns milhares dispendidos para colocar na rotunda um excelente exemplo de fraca arte e péssimo mau gosto.
Este tipo de iniciativa - rotunda + obeliscos - são uma boa imagem do mau exercício do poder autárquico. E a candidato ao usar esta imagem cola à sua candidatura uma imagem de que se deveria distanciar.
Depois a própria fotografia da candidata podia e devia facilmente ser melhor.
O CDS/PP na Póvoa de Lanhoso tem tido péssimos resultados, seja porque há uma forte implantação socialista e PSD seja porque o CDS local tem sido pessimamente dirigido com forte responsabilidade e incompetência da Distrital.
Também não gosto do outdooor do candidato do PSD, mas parte com a vantagem de estar no Poder e do concelho ser fortemente PSD

De IC a 14.08.2013 às 12:59

Percebo agora porque o senhor não comenta o outdoor do Partido Socialista na mesma terra. Esse sim, parece que o candidato está moribundo, com tanta base e retoques na pele. O logotipo parece duma unidade de enfermos. Curioso: na rotunda onde estão os 2 outddors aqui analisados, também está o do PS. Porque não analisou? É mau de mais para tal?

De Carlos Furtado a 19.08.2013 às 00:45

Caro IC, quando passei e fotografei ainda não estava o do partido socialista mas se nos enviar terei todo o gosto em o analisar, o que desde já agradeço. Até breve carlos furtado

Comentar post



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas