Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Figueira da Foz :: PSD e CDS

análise de Rodrigo Saraiva, em 08.07.13

Acho que não se corre grande risco ao fazer a afirmação de que a Figueira da Foz apenas entrou verdadeiramente para o mapa político nacional em 1997, quando Pedro Santana Lopes, em mais uma das suas decisões arrojadas, se candidatou a Presidente da Câmara Municipal e venceu. E com estrondo. Com quase 60% dos votos numa autarquia até então sempre liderada pelo PS.

Em 2009, com o PSD dividido entre a candidatura oficial e uma lista “independente”, encabeçada por um ex-vereador, o PS reconquista a Câmara Municipal, derrotando Duarte Silva, o presidente que substituiu Santana Lopes, e cuja campanha analisámos em 2009.

Na lista de Duarte Silva é eleito como vereador Miguel Almeida, que já tinha sido vereador no mandato presidido por Santana Lopes, e que surge agora como candidato pela coligação “Somos Figueira” que junta PSD e CDS, o que, se não estou em erro, é a primeira vez que acontece neste concelho, e outros partidos como o MPT.

Não tenho acompanhado a realidade da Figueira da Foz, pelo que não sei qual será o desfecho em 2013. Certamente que muitas variáveis irão influenciar esta campanha, como qual o grau de divisão das principais forças políticas, se voltará a existir candidatura independente e, não é de relevar, o envolvimento de Santana Lopes, que esteve na apresentação de candidatura de Miguel Almeida.

Por isso, passado o enquadramento, passemos à análise do primeiro cartaz deste candidato, que pelo que se pode ver no site de candidatura e no facebook (link para post com hino), está muito activo e a apostar forte e com qualidade (vejam o vídeo no site).

Aqueles que já vão acompanhando as minhas análises já devem imaginar a minha opinião sobre este cartaz. Gosto. Simples e eficaz. É um cartaz de apresentação do candidato, de marcação de terreno, e cumpre o objectivo. Duas cores, com um azul energético e que em conjugação com o logótipo da candidatura remete para o mar, algo tão presente na Figueira da Foz. Um slogan, que embora não seja original (recorda as presidenciais de 1986) é positivo. A foto, seguindo o objectivo de apresentação de candidato, ocupa grande parte do cartaz e está bem colocada. Quase no limiar de entrar na categoria das fotos “recortadas”, mas não caíram nesse erro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas