Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




sons de campanha :: Penafiel :: PSD/CDS

análise de Rodrigo Saraiva, em 31.08.13

Ter um hino de campanha já está quase banalizado. Por isso Antonino Sousa, candidato da coligação PSD/CDS em Penafiel levou as coisas para outro patamar. Quatro, sim 4, músicas. Gravadas em CD e disponibilizadas online. E há ali, pelo menos, uma voz bem conhecida do grande público.

Liguem as colunas, cliquem aqui e tudo a dançar!

obrigado à Fernanda Freitas pela dica. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:44


sons de campanha :: Top Hinos

análise de Rodrigo Saraiva, em 31.08.13

Isto é um verdadeiro serviço público.

Obrigado Tiago Presley.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:34


Vila Real :: CDS

análise de Rodrigo Saraiva, em 30.08.13

Depois de uma primeira visita para análise a PS e PSD e uma segunda para novos cartazes do PSD eis um regresso a Vila Real. A disputa pode ser entre PSD e PS, mas o CDS vai a jogo.

Jorge Pinho é o candidato e não quer comprometer, por isso surge com um cartaz muito simples, clean. O candidato é fotogénico e a foto está bem tirada. Nome do candidato, nome da terra, símbolo do partido e endereço do site. Os elementos essenciais. O slogan é apenas a palavra “Confiança”. Vá, aqui podia ter ido mais longe, não havia necessidade de tanta simplicidade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:40


Constância :: PSD e PS

análise de Carlos Furtado, em 30.08.13

Este é um reduto do PCP, vulgo CDU, que em 2009 venceu as eleições com 48% dos votos tendo o PS ficado em segundo com 36% dos votos, com 3 a 2 em vereadores. PSD e CDS ficam claramente atrás e dificilmente serão alternativas de poder. No entanto os democratas cristãos, que vão em coligação com o Partido da Terra, apresentam este ano o presidente da direcção dos bombeiros local, o que pode ser uma boa aposta eleitoral. Logo se verá.

Mas existem algumas mudanças significativas nas principais candidaturas, nomeadamente na da CDU que apresenta a vereadora Júlia Amorim em detrimento do actual presidente Máximo Ferreira. O PS aposta em António Mendes e o PSD em José Silvares Luz.

 

Mas vamos aos cartazes que é o que nos traz aqui, começando pelo PSD. 

O slogan apela à idade do candidato procurando ser um contraponto à sua principal concorrente mas também ao candidato do PS. Parece ser um golpe baixo, até porque mais juventude nem sempre é garante de mais futuro. A fotografia tem dois problemas: a posição muito rígida do candidato e os braços cruzados que numa fotografia de políticos dá sempre azo a segunda leituras. Mas a escolha da posição das mãos é sempre muito controversa. Neste formato que analisamos a problemática seria bem resolvida com uma fotografia mais pequena, que não enchesse em demasia o cartaz, e dessa forma a posição dos braços ficaria resolvida.

 

E agora os socialistas

No PS, interessante cartaz com a utilização de uma frase de Luis de Camões que reforça a mensagem do candidato, mais a mais que é considerado um “filho da terra”. Sinceramente não me lembro de ter visto algo semelhante mas confesso que gostei. Alerta a consciência das pessoas, e cria empatia o que nestes momentos é muito importante e credibiliza a mensagem. Nenhuma invenção com ondas nem outras artimanhas transformam este cartaz num bom exemplo de eficácia eleitoral. Um reparo apenas ao facto da cor usada na frase do “Luís” criar pouco contraste o que dificulta a sua leitura. E repare-se que o tamanho da foto resolveu o problema dos braços referido no cartaz do PSD.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:22


Angra do Heroísmo :: PSD e CDS

análise de Rodrigo Saraiva, em 30.08.13

Depois de aqui ter feito o enquadramento às eleições em Angra do Heroísmo e analisado a campanha do PS regresso para analisar a candidatura … leram o enquadramento, certo? … da coligação PSD/CDS.

Ora bem, numa lógica aritmética parece fazer sentido esta aposta. Mas, lá está, qual será a resposta dos eleitores às escolhas feitas pelos partidos? Aguardemos por dia 29.

PSD e CDS não só juntaram-se pela primeira vez como o fazem apresentando como cabeças de lista os candidatos à Câmara em 2009. António Ventura, vice-presidente do PSD no parlamento regional, e Artur Lima, líder regional do CDS, são respectivamente candidatos à Câmara e Assembleia Municipal. Este enquadramento justifica por completo a opção de surgirem os dois com o mesmo destaque no cartaz.

E o slogan reforça a razão da coligação histórica, dizendo aos eleitores que se juntam “Por Angra”. Um slogan simples e que transmite a ideia de que a terra está em primeiro lugar e acima das lógicas partidárias. E Angra no centro, candidatos dos lados, qual guarda de honra. Um cartaz objectivo, eficaz e bem construído. Depois o apelo ao voto, sendo que o slogan é também o nome da coligação e o que estará presente nos boletins de voto, como demonstra a barra inferior do cartaz. E é nesta barra que estragam tudo. Ok, eu percebo que amarelo e vermelho são as cores da bandeira de Angra, mas então escolhiam outra cor que não o verde para o fundo do cartaz. É que assim não bate a bota com a perdigota. São cores que não casam (ok, casavam se fosse um cartaz de uma festa reggae). Vá, se é por Angra e as cores da bandeira são para estar então deixem cair o verde. Há outras opções cromáticas. Mas eu tirava era o amarelo (e o vermelho). Se o fizerem eu coloco o cartaz na secção “de aplauso”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:19

Pág. 1/9



Imagens de campanha

Compilação e análise de imagens das Campanhas Portuguesas (e não só). Cartazes, folhetos e materiais digitais (e outros). O melhor e o pior. Os verdadeiros e não só.

e em 2009 foi assim


Envio de contributos

imagensdecampanha@sapo.pt






Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Visitas


subscrever feeds